Translate

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Mon petit souvenir de Paris!

Olá paleosociété!

Tudo bem com vocês?
Férias por aqui, ou seja, hora de retomar o blog!!

Sim, temos novidades masterblaster pra contar! Se é que você ainda não sabe..rs!

Sabe quando eu digo que a gratidão nos traz cada vez mais coisas para agradecer?
Sabe quando eu digo que quanto mais a gente agradece mais coisas boas acontecem?
Sabe quando eu digo que as nossas palavras tem muito poder e criam nossa realidade o tempo todo?

Pois saibam, é tudo verdade mesmo!!

Todo mundo sabe que meu sonho era ir pra Paris, certo? Certo!
O que vocês não sabiam é que sempre que todo mundo perguntava quando eu teria filhos eu respondia "Depois de Paris!"

O que a gente nunca imaginava é que seria exatamente como eu sempre falei! Ué, mas as palavras não tem poder Paleomadame?? Tem gente, tem mesmo!! Acrredite!!!

Não é de se surpreender quando eu conto minha história por aqui.
A pessoa com hipotireoidismo (dificulta muito para conseguir engravidar, sabia?!) e com um histórico de endometriose feia (já leu meu post Bye Bayer né?!)
Vai lá, tenta e consegue! rs!
Não, eu não estava no meu período fértil!

Fato é que a vida vem e nos surpreende sempre!!

Não escrevi meu post sobre a viagem pra Paris (shame on me, Paleomarido fez tudo lindo no word com fotos e tudo, nosso roteiro e cada dia, mas calma que esse será o próximo!!!)
Mas assim, nunca poderia imaginar que nosso melhor souvenir viria na minha barriga...rs!

Vou te contar... minha perna quase explodiu no vôo da volta.. rs! Detalhe que eu conto no próximo post já que tivemos problemas na volta de Paris, conhecemos o aeroporto de Amsterdam e de Madri...mais de 24 horas sem dormir.. enfim!

Voltamos, tive o que chamei de pseudo menstruação..rs!Não era! (Era nidação! Santo google!rs)
Paleomarido ficou triste (ele queria muito um baby!) e disse que tudo bem, tentamos.
Me senti meio mal, mas qual eram as chances né?? Eu não estava no período fértil, lembram!?
Mas ainda assim eu sabia, doideira como a gente sente né? Sim, tinha alguma coisa de diferente comigo!
Sim, do dia pra noite eu senti meus seios pesarem toneladas! Toneladas!!! rs!

Insisti para que o Paleomarido comprasse o teste de gravidez.
Eu chamo de xixi no palito..rs! Sou dessas, você sabe!!!
Fiz o teste duas vezes e deu duas vezes negativo!!! Paleomarido falou que eu não sabia fazer...rs! Gente, é só fazer xixi no palito!! Como assim!!
Não, não..eu senti que algo estava diferente. Instinto né!!?!? Loucura mesmo! Não sei explicar...
Insisti que fôssemos no laboratório fazer o de sangue, a dúvida era algo que estava me incomodando muito!!!! Era dia 12 de agosto, no dia 13 seria dia dos pais.

Fomos, num misto de emoção e medo, esperança, expectativa.. Que doideira esse sentimento gente!
Você nunca sabe o que se passa com uma grávida até ser uma!
Fomos no sábado de manhã antes de fazer nossas compras de comida de verdade de sempre...
A moça que me atendeu no laboratório ficou tão feliz por mim que pediu pro exame ser urgência..fofa! Que eu deveria fazer uma surpresa pro pai. Engraçado como eu não pensei no meu marido como pai. Pensei no meu pai, que há 20 anos não está mais aqui.
Tirei o sangue, ela pediu urgência e no caminho pro mercado meu celular apitou avisando que o resultado estava pronto!!

Abri a página pra ver no celular mesmo (fazendo a rica do 3G) e estava lá. Exame HCG: 8570.00!!!!!!
Não grávidas: <5,0!

Oito mil!!!!!!! Comecei a chorar de emoção e gratidão no carro. Paramos no mercado e nos abraçamos emocionados!! Fomos fazer as compras e a coisa toda ficou meio que surreal pra nós. Primeiro Paris e agora isso!? Uau! Obrigada Universo, obrigada Deus!! Fiquei meio em choque, mas é aquela coisa... Eu já sabia!!!

Fomos à casa da minha mãe prontos pra contar, mas ela não estava no clima já que a depressão e síndrome de pânico da minha vó haviam piorado.. Nos mantivemos quietinhos então e marcamos médica.

Pausa para um longa história aqui. Essa é a mesma médica que me deu yaz a vida toda, que falou que eu teria problemas pra engravidar e que teria que fazer tratamento se quisesse... que era pra escolher entre a dor da endometriose e o inchaço da pílula. Lembra? Hum! Já voltaremos a esse capítulo...

Tá! Aí fomos lá, Paleomarido e eu, só com o HCG nas mãos e ela pediu aquela primeira eco pra ver como estavam as coisas. Fomos lá e ouvimos o coraçãozinho daquela coisinha minúscula!! Meu Deus, que emoção! Mal conseguíamos acreditar, foi ficando mais real a cada segundo: tem uma pessoa dentro da minha pessoa.

Por orientação da médica não era pra sair falando pra todo mundo que estávamos grávidos, pois nãoseiquanto por cento das gestações não iam até o final. Poxa, queríamos gritar pro mundo e não podíamos!!!
Sacanagem, mas tudo bem. Contaríamos apenas pra nossa família.

Comecei com os enjôos...rs! Haja limão e pepino azedo nessa vida...Antes estava tudo bem, mas assim que soube da gravidez começaram os sintomas! rs!
Parei atividade física, afinal tudo era muito balanceador como um barco viking..rs! Até mesmo a esteira.. juro!

No domingo, dia 19 de agosto, insisti muito para que minha vó viesse almoçar aqui. Falei que teria lasanha de berinjela que ela ama, torcendo pra que ela viesse. Ela não queria nem sair de casa na época devido à depressão e ao pânico.

Consegui! Ela veio, comeu super pouco, estava ainda bem fraca e coloquei ela pra ver os piores programas da vida de Domingo que ela ama..rs!
Falei "Vó, olha isso aqui" entregando nosso exame com o embrião e a roupinha que compramos em Paris com a esperança de que havia dado certo nossa tentativa...

Gente! Eu não sei te dizer, naquela hora ela colocou o óculos pra ler o exame e de primeira não percebeu.. rs
Entregamos a roupinha e ela "Você tá grávida?!?! Você tá grávida!!!!!!" e aí foi ver aquela sombra de tristeza e depressão indo embora e uma luz surgiu e iluminou tudo!!!
Foi incrível esse momento, se eu soubesse que minha Vó ficaria tão boa após essa notícia eu teria mil filhos muito antes. Juro!
Mas nada é por acaso!! Deus sabe o que faz, e a Paleobabygirl veio no momento certo pra iluminar nossas vidas!

Mais tarde minha mãe veio aqui buscar minha vó e fizemos a mesma coisa: exame da nossa mini pessoinha e a roupinha.
Minha mãe teve uma reação linda também! Ela pediu 1869 copos de água e ficou extasiada com a ideia de que agora seria Vó! Ela vó, minha vó Bisa!

Comecei a entender que um bebê não faz apenas de mim uma mãe e o Paleomarido um pai! Um bebê transforma tudo e todos ao redor.. Que benção! Quanta gratidão nesses momentos!

Bom, aí começamos o tour! rs! Fomos contar pro meu irmão que ficou extasiado e gritou "Eu vou comprar o berço!!! Estava na hora! Que alegria!" e aí comprou o berço mesmo, está agora nesse momento na sala encaixotado enquanto escrevo esse texto!

Passamos nos pais do Paleomarido e foi uma alegria enorme também. Compreenda, minha Paleosogra querida me falou isso quando soube da viagem pra Paris "Você vai trazer um netinho pra mim?" e eu voltei e ela "Vocês trouxeram um netinho pra mim?" e aí sim, nós trouxemos! E fomos todos às lágrimas de emoção e eu me seguro pra não chorar de novo enquanto escrevo porque ao mesmo tempo que isso tudo é muito doido é muito lindo e maravilhoso e faltam-me palavras pra explicar o quanto somos gratos por tanto amor!
Fomos no meus tios e contamos! Que alegria! Tios avós!
Gente sério, esse dia voltamos sorrindo o triplo do que estávamos de felicidade desde o dia que soubemos da gravidez! Alegria boa é alegria compartilhada! A coisa toda se multiplica e é muito, muito maravilhoso!!

Pedimos pra todos guardarem segredo até as 13 semanas, porque depois desse período as chances das coisas darem errado diminuíam drasticamente.
Foi depois do exame das 13 semanas que nossa alegria triplicou! Tudo estava perfeito e... é uma menina!!!
Meu Deus! Quanta alegria, eu sempre quis uma menina! Minha mãe bem doida começou a comprar laços e nosso mundo virou cor de rosa!

Fiz o post no instagram contando pra vocês e recebi uma chuva de amor e de carinho como nunca vi igual! Que lindo isso! Quanta energia boa em volta da minha Paleobabygirl! De novo, triplicamos a nossa alegria!! Que coisa incrível não!? Sou muito grata!!!




Agora, perto de ela chegar, afinal já estamos indo pra 28ª semana amanhã, começamos a preparar tudo para recebê-la. O quartinho, roupinhas (até roupa de Paris ela tem! Meu tio viajou e comprou tudo de menina antes mesmo que pudéssemos saber o sexo!!)

Tudo perfeito nos exames, nossa menininha tem um coração que faz tunt-tunts maravilhosos, sempre uma emoção ouvir...Super impossível não chorar!

Eu nunca me imaginei mãe, mas posso falar que essa experiência está sendo muito transformadora.
Entenda, a gente começa a pensar e priorizar coisas, não comer gema mole..rs..

Só pensando na chegada daquela pessoinha linda que veio pra trazer muito amor e luz pra nossa família!

Depois vou escrever a parte do parto.
Não o relato em si.
Mas a importância de estar informada para não ser enganada pela indústria (sim, existe indústria do parto!!!) que não está colocando nem a mãe e nem o bebê em primeiro lugar!

Obrigada por ler tudo!!

Adoro conversar com vocês e ler os comentários!

Gratidão,

Bisous,

Paleomadame e Paleobabygirl (sim, estou acompanhada agora! ) <3


Nenhum comentário:

Postar um comentário